Tipos de visto para Portugal

  • Post category:Uncategorized
  • Reading time:5 mins read
Tipos de visto para Portugal

Vários tipos de Visto para Portugal

Portugal, é considerado por muitos um destino ideal para viver ou passar férias, tendo já sido eleito como o melhor destino para se viajar. Para que isto seja possível é necessário obter o Visto para PortugalPortugal tem, fundamentalmente, dois grandes tipos de visto e, dentro destes, Vários tipos de visto. 

Os vistos para Portugal dividem-se em vistos E de curta duração e sem direito a residência e vistos D de Longa duração que dá direito a residência.

Dentro dos vistos E de curta duração, existem os seguintes tipos de visto:

  • Visto E1 de Tratamento Médico

O Visto  E1 é indicado para para quem queira realizar tratamento médico em Portugal. Este tratamento precisa de ser realizado em estabelecimentos de saúde oficiais ou oficialmente reconhecidos pelo Estado português.

  • Visto E2 de Prestação de Serviços

O Visto E2 é indicado para Transferência de Cidadãos nacionais membros da  Organização Mundial do Comércio (OMC), como prestadores de serviços ou formação profissional.

  • Visto E3 de Trabalhador Independente

O Visto E3 é indicado para exercício de atividade profissional subordinada ou independente temporária.

  • Visto E4 de Atividade altamente qualificada

Visto E4 é indicado para exercício de Atividade de Investigação ou Altamente Qualificada. A atividade de investigação científica deve ser realizada em centros de investigação localizados em Portugal.

  • Visto E5 Para Desportistas Amadores

O Visto E5 é indicado  aos atletas amadores, que as atividades desportivas necessitam de ser devidamente certificadas pela respetiva federação.

  • Visto E6 para Incumbências Internacionais

O Visto E6 é indicado para quem quer frequentar programas de estudo e estudantes que possuem compromissos internacionais a serem executados em território português. Deve ser destinado apenas para frequentar programas de estudo em estabelecimento de ensino, intercâmbio de estudantes, realização de estágio profissional não remunerado ou voluntariado.

Outra possibilidade será para o cumprimento de compromissos internacionais vinculados à Organização Mundial do Comércio – OMC, ou a Convenções e Acordos Internacionais de que Portugal seja parte, em sede de prestação de serviços.

  • Visto E7 de Acompanhamento Familiar

Visto E7 confere o direito aos familiares daqueles que estejam em tratamento médico em Portugal, que o acompanhem, desde que estes estejam ao abrigo do Visto E1.

No que diz respeito aos Visto de Longa duração, denominados por vistos D, existem os seguintes tipos de visto:

  • Visto D1 de Trabalho

O Visto D1 é indicado para quem queira trabalhar em Portugal: Este visto de residência para Portugal é para quem vá realizar uma atividade profissional subordinada. Por isso, será importante comprovar que possui promessa ou contrato de trabalho para atuar no país.

  • Visto D2 para Empreendedores e Trabalhadores Autónomos

O Visto D2 é indicado para quem tem intenção de abrir uma empresa em Portugal ou quer trabalhar no país de forma autónoma. Com este visto, também é possível obter uma Autorização de Residência para morar e trabalhar legalmente no país.

  • Visto D3 de Atividade Altamente Qualificada

O Visto D3 é indicado a pessoas que queiram trabalhar no país a desempenhar funções específicas como especialistas, diretores ou chefes.

  • Vistos D4 para Estudo/Intercâmbio/Estágio Profissional/Voluntariado

O Visto D4 é indicado para quem queira estudar em Portugal, melhorar o seu currículo e aumentar a probabilidade de conseguir um emprego melhor.

  • Visto D5 para Mobilidade e Intercâmbio

visto D5 é indicado para todos os cidadãos estrangeiros que queiram morar e estudar em Portugal e que não sejam nacionais da União Europeia, do Espaço Económico Europeu ou da Suíça.

  • Visto D6 de Residência e Reagrupamento Familiar

O Visto D6 é um procedimento solicitado no Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), que servem para os portadores de visto que vêm a Portugal com a família. É válido para filhos, pais dependentes, cônjuge ou união estável.

  • Visto D7 para Reformados

visto D7 é o tipo de visto mais indicado para residência de pessoas reformadas ou que sejam titulares de rendimentos passivos que queiram morar em Portugal. Foi criado para incentivar e atrair para o país, pessoas que já tenham um rendimento mensal garantido.

Por isso, se o seu sonho é viajar para Portugal, seja qual for o seu objetivo, nós ajudamos a encontrar a solução! 

Contacte-nos e indicaremos, dos Vários tipos de visto para Portugal, aquele que se enquadra no objetivo da sua viagem ou em caso de dúvida relativamente aos documentos necessários!

Estamos aqui para ajudar!