Visto (L) Transferência Entre Empresas para os EUA

Possuí uma empresa e ambiciona enviar colaboradores executivos para uma nova filial nos Estados Unidos da América ou pretende ir trabalhar para uma filial da sai empresa nos EUA? Precisa de tratar de um visto L de transferência entre empresas para os EUA e não sabe por onde começar? Quanto a isso nós Sofia Machado Serviços Consulares e Administrativos podemos ajudar com todas as burocracias, garantindo que o processo correr pelo melhor.

Trabalhar nos Estados Unidos é o sonho de muitos jovens empreendedores e atualmente de muitas empresas que têm como objetivo ampliar as empresas. É dos países com mais oportunidades de negócio por se tratar da maior potência mundial do mundo, a bolsa de Nova Iorque detém os valores mais altos de sempre.

Inicialmente, o visto L1 é emitido por um período de um ano com o objetivo de iniciar as operações da filial americana e pode ser renovado por um período máximo de 2 anos. Parece confuso? Não se preocupe a nossa empresa Sofia Machado – Serviços Consulares e Administrativos conta com uma equipa especialista, credível, de confiança, dedicada e extremamente profissional para o ajudar a obter o visto de transferência de empresas junto da Embaixada dos Estados Unidos da América em Lisboa.

Não perca tempo e planeie agora a sua viagem que nós tratamos da documentação necessária para a obtenção do visto de forma rápida e eficiente. 

icon About

“Está com urgência? Então contacte-nos agora, que nós ajudamos a tratar de todos os documentos e do seu visto L Transferência entre empresas para os EUA. A Sofia Machado - Serviços Consulares e Administrativos espera por si, ganhe tempo e descanso”

Shape

FAQs

O visto na categoria de “não-imigrante” L de transferência entre empresas é um documento que autoriza a deslocação de trabalhadores para uma empresa filial ou subsidiária nos Estados Unidos da América.

O visto da categoria “não-imigrante” B1/B2 adequa-se a cidadãos que pretendam viajar para a américa em turismo, tratamentos médicos e negócios. Com o visto L1 também está autorizado a realizar negócios, mas o principal objetivo é poder ir trabalhar para uma filial da sua empresa atual.            Contudo o viajante que solicitar o visto L1 para os EUA deve ter trabalhado por pelo menos 1 ano consecutivo na empresa estrangeira nos últimos 3 anos.

O visto L1 permite também que exerça funções remuneradas.

Pode requerer o visto L1 de transferência entre empresas, colaboradores com um cargo executivo e de gerência que já tenham trabalhado na empresa filial da empresa americana por pelo menos 1 ano nos últimos 3 anos.

É sempre obrigatório solicitar o visto L1 de transferência de empresas, quando uma instituição decide transferir um colaborador executivo para uma empresa sediada nos Estados Unidos da América, pertencente ao mesmo grupo.

Para realizar uma assistência técnica uma pequena assistência técnica pode requerer o visto B1 Negócios.

É importante que solicite o visto L transferência entre empresas pelo menos 2 meses antes da partida para os Estados Unidos.

O visto L1 transferência entre empresas autoriza a que a família, nomeadamente o cônjuge e filhos com idade inferior a 21 anos morem com o requerente.

Aceitamos pedidos de visto L Transferência entre empresas para os EUA à distância, mas o requerente tem sempre de se deslocar à Embaixada dos EUA para uma entrevista.

A Sofia Machado Serviços Consulares e Administrativos oferece um serviço completo, com análise de todos os documentos para solicitação do visto L1 de transferência entre empresas para os EUA, preparação completa do processo e acompanhamento do requerente no dia da recolha dos dados biométricos junto da Embaixada dos Estados Unidos em Portugal sediada em Lisboa e recolha e entrega do passaporte com visto emitido.

Não, o visto L Transferência entre empresas para os EUA não pode ser prorrogado em Portugal.

O visto L1 transferência entre empresas para os EUA é autorizado pelos serviços de migração dos EUA (Homeland Services).

O visto L1 Transferência entre empresas para os EUA pode ser negado caso não cumpra com os requisitos exigidos pelas leis da imigração dos EUA.

O Departamento de Estado dos EUA não emite reembolsos dos emolumentos de pedido de visto L1 Transferência entre empresas para os Estados Unidos da América.

Sim, apesar de o seu visto L1 Transferência entre empresas para os EUA ter sido recusado, pode solicitar um novo visto.

Quando o visto L1 Transferência entre empresas para os EUA é recusado, é enviada uma carta com o motivo da rejeição. Se optar por solicitar um novo visto L1 Transferência entre empresas deve apresentar um novo pedido, pagar novamente os emolumentos, agenda uma nova entrevista e informar as entidades competentes sobre os documentos alterados desde o último pedido.

Apesar de a Sofia Machado Serviços Consulares e Administrativos ter uma alta taxa de sucesso na obtenção de vistos, não consegue garantir com 100% de exatidão a emissão do visto L1 Transferência entre empresas para os EUA. Essa decisão é sempre dos serviços de migração. Por esse motivo, a Sofia Machado Serviços Consulares e Administrativos irá cobrar 50% da taxa de serviços inicial por cada nova submissão.

Deve recorrer e confiar nos serviços da Sofia Machado Serviços Consulares, porque para além de ser uma agência de vistos especialista neste tipo de processos, conta com vários anos de experiência no tratamento de vistos junto da Embaixada dos Estados Unidos em Portugal. Garante também que o pedido de visto L1 de transferência entre empresas para os EUA é submetido sem incorreções.

  • Um passaporte válido por um período superior a 6 meses;
  • Uma fotografia que atenda aos requisitos de fotografia de visto dos EUA;
  • Uma carta da entidade patronal com a confirmação de transferência, que inclua as tarefas a realizar e o salário mensal;
  • Comprovativo da empresa que demonstre que trabalhou por pelo menos um ano na empresa americana;
  • Currículo atualizado
  • Referências e informações de contato de colegas de trabalho, supervisores e gerentes anteriores
  • Fotografias das suas instalações de trabalho
  • Número de Comprovativo do seu pedido de visto Não Imigrante aprovado, Formulário I-129, ou Aviso de Acão, Formulário I-797 do USCIS (Serviços de Cidadania e Imigração dos EUA).
  • Se está incluído/a numa petição L blanket, deve levar consigo à entrevista duas cópias do formulário I-129S, Petição de Não Imigrante baseada na Petição L Blanket.
  • O requerente principal de uma petição L deve pagar $500 USD no ato da entrevista, como taxa de deteção e prevenção de fraude

Pode obter aqui o formulário para o pedido de visto L1 de transferência entre empresas para os EUA.

Para solicitar o visto L1 de transferência entre empresas para os EUA passaporte deve ser válido por pelo menos 6 meses no momento do pedido.

Não, para solicitar o visto L1 Transferência entre empresas para os EUA apenas devem ser originais o passaporte e fotos, todos os outros podem ser cópias.

Sim, o passaporte precisa ficar nos serviços Consulares da Embaixada dos EUA para que o visto L1 Transferência entre empresas possa ser estampado no passaporte.

Os trabalhadores portadores do Visto L1 podem levar o cônjuge e os filhos solteiros de idade inferior a 21 anos para os Estados Unidos, mas para isso será fundamental que os acompanhantes solicitem o visto L2 (Visto Para Dependentes de Titulares do Visto L1), de modo a conseguirem permanecer com o solicitante do visto L1 pelo mesmo período.

Sim, para solicitar o visto L1 Transferência entre empresas para os EUA os documentos de língua estrangeira, precisam ser traduzidos. A Sofia Machado conta com o apoio de tradutores certificados que realizam traduções simples ou técnicas.

O visto na categoria L1 Transferência entre empresas para os EUA tem uma taxa consular de 160,00€.

Não.  Os serviços consulares dos EUA não permitem o pagamento de taxas de urgência para obter o visto L1 Transferência entre empresas para os EUA.

Em regra, entre a submissão e pagamento do pedido de solicitação do visto visto L1 Transferência entre empresas para os EUA e a entrevista passam 7 dias. O visto visto é emitido em 5 dias após a entrevista nos Serviços Consulares da Embaixada dos EUA. 

  • Empresários que pretendam criar uma filiar da empresa, o visto tem a duração de 1 ano;
  • Empresários cujo objetivo é trabalhar num filiar já existente o visto tem a duração de 3 anos;
  • Empresários que necessitem de uma extensão de permanência a duração do visto varia entre os 2 e 7 anos.

Sim, o visto L1 Transferência entre empresas para os EUA pode ser renovado, sob determinadas circunstâncias.

O visto L1 Transferência entre empresa para os EUA pode ser prorrogado enquanto a situação  que lhe deu origem se mantiver.

O visto L Transferência entre empresas para os EUA, pode e deve ser prorrogado nos EUA.