Evisa – Visto eletrónico para Angola

Evisa
SOMOS AGÊNCIA CREDENCIADA JUNTO DOS CONSULADOS GERAIS DE ANGOLA EM PORTUGAL

Para solicitar o visto eletrónico (EVISA) para Angola são necessários os seguintes documentos:

  • Passaporte
  • 1 foto a cores
  • Certificado internacional de vacinas
  • Termo de responsabilidade + cópia do documento de identificação de quem o assina ou extrato bancário e reserva de hotel
  • Bilhete de avião

Pretende viajar para Angola em turismo ou em negócios e não pretende perder tempo em Consulados para a recolha de dados biométricos? A Sofia Machado Serviços Consulares e Administrativos tem a solução para si, o Evisa – Visto Eletrónico para Angola.

Tem crescido a procura do visto de turismo eletrónico para Angola, muito em causa, por Angola ser um país rico em história, com muitos locais onde se pode observar a presença portuguesa no país e as suas diversas belezas naturais. O governo de Angola tem procurado abrir o país para o turismo internacional, contudo o caminho tem sido bastante longo.

Devido à crise cambial que se instalou no país, associada à descida acentuada do preço do petróleo, o governo angolano em 2018 procedeu a diversas alterações na lei de imigração, dando a possibilidade a cidadãos de determinadas nacionalidades (ver aqui) solicitarem um visto de turismo eletrónico, eliminando assim a necessidade de deslocação ao Consulado Geral de Angola.

O Evisa para Angola permite que o viajante obtenha o seu visto de turismo eletrónico para Angola sem ter de perder tempo em deslocações ao Consulado Geral de Angola. Funciona como uma autorização de viagem prévia, que permite ao viajante embarcar em direção a Angola, obtendo o visto na fronteira à chegada a Angola. Esta autorização de viagem deve ser apresentada aos serviços de migração em Angola.

A Sofia Machado Serviços Consulares e Administrativos tem uma vasta experiência no pedido de Evisa para Angola, por esse motivo não hesite e contate-nos, o nosso objetivo é superar as suas expetativas.

icon About

Com a Sofia Machado, o stress para obtenção do visto eletrónico para Angola acabou. Contacte-nos já e conheça os nossos serviços de perto

FAQs

Só existe um visto eletrónico para Angola.

O visto eletrónico para Angola (EVISA) é válido para turismo ou negócios.

Ao contratar os serviços da Sofia Machado Serviços Consulares e Administrativos está a contratar uma agência de vistos profissional, com experiência e credenciada junto do Consulado Geral de Angola em Lisboa e Porto. Obtém a garantia que o pedido do seu visto de eletrónico (EVISA) é submetido de forma correta, eliminando assim atrasos e perdas de tempo.

A Sofia Machado recebe o pedido de visto eletrónico para Angola por parte do cliente e realiza os seguintes passos:

  • Análise a todo o processo e respetivos documentos;
  • Preparação dos documentos para solicitação do evisa;
  • Preenchimento do formulário para pedido de visto eletrónico e submissão do pedido;
  • Recebimento e envio do visto eletrónico.

Podem solicitar visto eletrónico (EVISA) para Angola cidadãos das seguintes nacionalidades:

Argélia, Argentina, Austrália, Áustria, Bélgica, Brasil, Bulgária, Canadá, Chile, China, Croácia, Cuba, Chipre, República Checa, Dinamarca, Estónia, Finlândia, França, Alemanha, Grécia, Hungria, Islândia, Índia, Indonésia, Irlanda, Israel, Itália, Japão, Letónia. Lesoto, Lituânia, Luxemburgo, Madagáscar, Malawi, Malta, Mónaco, Marrocos, Holanda (Países Baixos), Nova Zelândia, Irlanda do Norte, Noruega, Polónia, Portugal, Roménia, Rússia, São Tomé e Príncipe, Eslováquia, Eslovénia, Coreia do Sul, Espanha, Suazilândia, Suécia, Suíça, Timor-Leste, Emirados Árabes Unidos, Reino Unido, EUA, Uruguai, Vaticano e Venezuela.

O visto eletrónico para Angola é válido para uma estadia de 30 dias.

O visto eletrónico para Angola permite múltiplas entradas.

O evisa para Angola tem o custo de 120 dólares ou o equivalente em euros, pagos à chegada à fronteira de Angola.

A estes valores acrescem as taxas de serviço da Sofia Machado. Contacte-nos para mais informações!

O evisa para Angola demora até 4 dias a ser emitido.

Tem 30 dias para viajar para Angola com o EVISA e assim ativar o visto.

Não. Só pode entrada nas seguintes fronteiras em Angola Aeroporto de Luanda (4 de fevereiro), Aeroporto do Lubango (Mukanka) e fronteiras terrestres de Luau, Santa Clara, Massabi, Calai e  Katwitwi .

Sim, deve levar o E visa impresso e entregar aos serviços de migração de Angola.



Aconselhamos a levar juntamente com o Evisa, os documentos que submeteu no pedido.

As renovações do Evisa só podem ser solicitadas junto dos serviços de migração em Angola.

Não existe limite para a emissão de vistos eletrónicos para Angola.

Caso ultrapasse a estadia máxima do visto de turismo em Angola, poderá ser alvo de uma multa por excesso de estadia.

Não, não pode. O visto eletrónico apenas permite atividades de negócios ou lazer.

Sim, pode. Com a nova lei de investimento privado em Angola é possível constituir uma empresa apenas com visto eletrónico ou de turismo.

O pedido de visto eletrónico evisa para Angola é decidido junto do SME em Luanda.

O visto de eletrónico para Angola pode ser recusado caso o solicitante não apresente todos os documentos para a elaboração do pedido de visto no prazo indicado ou os serviços de migração concluam ou não se encontram reunidas as condições para a sua aprovação.

Quando o visto eletrónico para Angola é recusado não há lugar ao pagamento dos emolumentos, uma vez que estes apenas são pagos na fronteira em Angola.

Caso o seu visto eletrónico para Angola tenha sido recusado deve juntar nova documentação e solicitar novamente o evisa.

Sim, pode voltar a solicitar novo pedido de visto eletrónico para Angola.

Apesar de a Sofia Machado Serviços Consulares e Administrativos ter uma alta taxa de sucesso na obtenção de vistos, não consegue garantir com 100% de exatidão a emissão visto de eletrónico para Angola. Essa decisão é sempre dos serviços de migração. Por esse motivo, a Sofia Machado Serviços Consulares e Administrativos irá cobrar 50% da taxa de serviços inicial por cada nova submissão.

Se não encontrou aqui a resposta à sua questão, não se preocupe! Contacte-nos, os nossos consultores de migração irão ajudar a esclarecer as suas dúvidas!